domingo, 19 de julho de 2009

O motociclista















Ele irrompe míssil e libera-se tanático
Cavaleiro do ferro negro?
De ameaçadora criança sentença?
Produto da anti-revolução objetividade?
Herói ou vítima veloz? Força?
Ou forma de menino marketing digital ruído?
Que fizeram de ti, ou sem ti?
Te perderam ou te estamparam?
De que insegura agressividade és a vitória?
De que burrice histórica és a glória?
Opressor: um trilhão de dólares mortíferos
disparam no ar sobre milhões de homens doentes e mortos
-- eis teu sonho ao videogame?
Sais das trevas de algum segredo
do incomunicado, ou morrerás
sozinho na bala da noite?
Por que, como policial, queres à força ver
um crime em cada vida?
uma troca em cada relação?
Que ávidos saques de prisão
têm teus inocentes dedos de revólveres
e de alavancas secretas?
Que sentes? Ah! A quem amas?

terça-feira, 14 de julho de 2009

terra de belos poemas




ó terra de belos poemas
te vejo nos finos trilhos
o amor passou por aqui
amados esquecidos na gare
a aliança dessas terras
que faremos nós?
do fundo de tuas filhas
nas orientais de olhos sagazes
eu quero teu belo bolero
a tua cinta e camisa
ó bicicletas acrobáticas
o teu relógio
marca na floresta negra
teu passo e tua rede
não passará
Frankfurt, 1998

segunda-feira, 13 de julho de 2009

eu não tenho um grande amor
















eu não tenho um grande amor
mas há quem o tenha
( por isso me alegro)

a jovem olhava perto o amigo
que sorria, embevecido
e a tarde morria

as alegres garotas entravam no parque
a cantar na praça vermelha
algumas cândidas e jovens
os velhos casais cansados
na calçada do Pacificador
ainda guardavam as relíquias
as alegrias finas
eu não tenho um grande amor
mas há quem os tenha
e por isso me alegro
e em júbilo canto
21/12/98

sábado, 11 de julho de 2009

Quem foi que descobriu o Brasil?




















Quem foi que descobriu o Brasil?
Foi seu Cabral!
O Carnaval!
Foi o furor
De Portugal
O amor do ouro
do ancestral
e foi o bruto
Canavial
E a riqueza
Do cafezal
A agudeza
Do canibal
A terra-à-vista
Cartão-postal
Foi o arranhar
no litoral
Quem foi? Quem mesmo foi
Que descobriu
Esse Brasil
Oficial?
Foi seu Cabral
Foi seu Cabral
Logo depois
Do carnaval!